quarta-feira, 18 de julho de 2012

Molde de três placas.

Além das placas fixa e móvel, existe uma placa flutuante onde é feita uma parte do sistema de distribuição e uma parte da forma do produto. O produto final é separado dos galhos de injeção no momento da abertura do molde, pois a placa flutuante força as partes a ficarem em planos diferentes.















Este modo de construção de molde permite a entrada de material pelo centro da peça ou pela aresta do produto em várias peças injetadas ao mesmo tempo. Com o desenvolvimento dos moldes com canais quentes, osmoldes convencionais estão sendo cada vez menos utilizados para grandes produções, especialmente de peças pequenas, e também na injeção unitária de peças grandes. A complexidade na fabricação do sistema de extração, o alto índice de refugo, devido ao galho poder representar 60% do material injetado no molde, levando a um aumento de ciclo na produção, já que o galho tem massa considerável, leva o empresariado a rever a forma de trabalhar com polímeros.


Vantagem:
utilizado para componentes com múltiplos pontos de injeção, não necessita de etapa posterior de retirada do canal de alimentação do componente injetado.
Desvantagem:
maior custo de desenvolvimento e maior manutenção, comparado ao molde de 2 placas. Não indicado para componentes de grandes dimensões, devido ao maior peso do molde e de necessitar um maior curso de abertura.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Início